Pesquisar este blog

Carregando...

terça-feira, 21 de abril de 2009

CULTURA INDÍGENA

ÍNDIOS E ARTE


GERALMENTE A ARTE INDÍGENA MANIFESTA-SE ATRAVÉS DE CÂNTICOS, VESTUÁRIOS UTENSÍLIOS, PELA PINTURA CORPORAL, ESCARIFICAÇÃO E PERFURAÇÃO DA PELE, ATRAVÉS DE DANÇAS ENTRE OUTROS, SENDO ESTES RARAMENTE PRODUZIDOS COM O INTUITO DE SEREM ARTE PROPRIAMENTE DITO. PODEMOS DIZER QUE NA SOCIEDADE INDÍGENA NÃO EXISTE UMA DELIMITAÇÃO ENTRE ARTE E ATIVIDADE PURAMENTE TÉCNICA. DE MESMA FORMA ENCONTRAM-SE ASPECTOS RITUAIS NA PRODUÇÃO DOS ARTEFATOS QUE SÃO ANTES DE TUDO ARTÍSTICA. CADA POVO INDÍGENA TEM UMA MANEIRA PRÓPRIA DE EXPRESSAR SUAS OBRAS, POR ISTO DIZEMOS QUE NÃO EXISTE ARTE INDÍGENA E SIM ARTES INDÍGENAS. AS ARTES INDÍGENAS DIFEREM-SE MUITO DAS DEMAIS PRODUZIDAS EM DIFERENTES LOCALIDADES DO GLOBO, UMA VEZ QUE MANUSEIAM PIGMENTOS, MADEIRAS, FIBRAS, PLUMAS, VEGETAIS E OUTROS MATERIAIS DE MANEIRA MUITO SINGULAR. NOS RELACIONAMENTOS ENTRE DIFERENTES POVOS, INCLUSIVE COM O BRANCO OS ARTEFATOS PRODUZIDOS SÃO OBJETOS DE TROCA, SENDO ATÉ UTILIZADOS COMO UMA ALTERNATIVA DE RENDA. MUITAS TRIBOS ENFATIZAM A PRODUÇÃO DE CERÂMICA, OUTRAS ESCULTURAS EM MADEIRA, O QUE VALE RESSALTAR É QUE ESTES ASPECTOS VARIAM DE UMA TRIBO PARA OUTRA. VEJA A SEGUIR AS PRINCIPAIS MANIFESTAÇÕES ARTÍSTICAS DAS ARTES INDÍGENAS.

A PINTURA CORPORAL

A PINTURA CORPORAL PARA OS ÍNDIOS TEM SENTIDOS DIVERSOS, NÃO SOMENTE NA VAIDADE, OU NA BUSCA PELA ESTÉTICA PERFEITA, MAS PELOS VALORES QUE SÃO CONSIDERADOS E TRANSMITIDOS ATRAVÉS DESTA ARTE. ENTRE MUITAS TRIBOS A PINTURA CORPORAL É UTILIZADA COMO UMA FORMA DE DISTINGUIR A DIVISÃO INTERNA DENTRO DE UMA DETERMINADA SOCIEDADE INDÍGENA, COMO UMA FORMA DE INDICAR OS GRUPOS SOCIAIS NELA EXISTENTES, EMBORA EXISTA TRIBOS QUE UTILIZAM A PINTURA CORPORAL SEGUNDO SUAS PREFERÊNCIAS. OS MATERIAIS UTILIZADOS NORMALMENTE SÃO TINTAS COMO O URUCU QUE PRODUZ O VERMELHO, O GENIPAPO DA QUAL SE ADQUIRE UMA COLORAÇÃO AZUL MARINHO QUASE PRETO, O PÓ DE CARVÃO QUE É UTILIZADO NO CORPO SOBRE UMA CAMADA DE SUCO DE PAU-DE-LEITE, E O CALCÁREO DA QUAL SE EXTRAI A COR BRANCA.

ARTE PLUMÁRIA

AS VESTIMENTAS ADORNADAS DE PLUMAS SÃO GERALMENTE UTILIZADAS EM OCASIÕES ESPECIAIS COMO OS RITOS. O USO DE PLUMAS NA ARTE INDÍGENA SE DÁ DE DOIS MODOS, PARA COLAGEM DE PENAS NO CORPO E PARA CONFECÇÃO E DECORAÇÃO DE ARTEFATOS COMO POR EXEMPLO AS MÁSCARAS COLARES ETC.
ARTE EM PEDRAS
A CONFECÇÃO DE INSTRUMENTOS DE PEDRA (EX.: MACHADINHAS) FORA DE EXTREMA IMPORTÂNCIA NO PASSADO INDÍGENA, MAS NOS DIAS ATUAIS OS ÍNDIOS NÃO MAIS COSTUMAM PRODUZIR ARTEFATOS EM PEDRA DEVIDO À INSERÇÃO DE INSTRUMENTOS DE FERRO, QUE SE MOSTRARAM MAIS EFICIENTES E PRÁTICOS, EMBORA ALGUMAS TRIBOS AINDA UTILIZAM ESTES ARTEFATOS PARA OCASIÕES ESPECIAIS.

ARTE EM MADEIRA

A MADEIRA É UTILIZADA PARA A FABRICAÇÃO DE DIVERSOS TRABALHOS NAS SOCIEDADES INDÍGENAS. VÁRIOS ARTEFATOS SÃO PRODUZIDOS COMO ORNAMENTOS, MÁSCARAS, BANQUINHOS, BONECAS, REPRODUÇÃO DE ANIMAIS E HOMENS, PEQUENAS ESTATUETAS, CANOAS ENTRE VÁRIOS OUTROS. OS KARAJÁ, POR EXEMPLO, PRODUZEM ESTATUETAS NA FORMA HUMANA QUE NOS FAZ LEMBRAR DE UMA BONECA. NO ALTO XINGU OS TRABALHOS EM MADEIRA SÃO BASTANTES DESENVOLVIDOS. SÃO PRODUZIDOS MÁSCARAS, BANCOS ESCULPIDOS NA FORMA ANIMAL, NOTANDO-SE GRANDE HABILIDADE NO TRABALHO, SENDO SUA DEMANDA COMERCIAL MUITO GRANDE ADVINDA PRINCIPALMENTE DE TURISTAS.
TRANÇADO
NOS TRABALHOS DE CESTARIA DOS ÍNDIOS HÁ UMA DEFINIÇÃO BASTANTE CLARA NO ESTILO DO TRABALHO, DE FORMA QUE UM ESTUDIOSO DA ÁREA PODE ATRAVÉS DE UM TRABALHO EM TRANÇADO FACILMENTE IDENTIFICAR A REGIÃO OU ATÉ MESMO QUE TRIBO O PRODUZIU. AS CESTARIAS SÃO UTILIZADA PARA O TRANSPORTE DE VÍVERES, ARMAZENAMENTO, COMO RECIPIENTES, UTENSÍLIOS, CESTAS, ASSIM COMO OBJETOS COMO ESTEIRAS.

CERÂMICA

A FABRICAÇÃO DE ARTEFATOS DE CERÂMICA NÃO É CARACTERÍSTICA DE TODAS AS TRIBOS INDÍGENAS, ENTRE OS XAVANTES POR EXEMPLO ELA FALTA TOTALMENTE, EM ALGUMAS SUA CONFECÇÃO É BASTANTE SIMPLES, MAS O QUE É IMPORTANTE RESSALTAR É QUE POR MAIS ELABORADA QUE SEJA A CERÂMICA SUA PRODUÇÃO É SEMPRE FEITA SEM A AJUDA DA RODA DE OLEIRO. AS CERÂMICAS SÃO UTILIZADA NA FABRICAÇÃO DE BONECAS, PANELA, VASOS E OUTROS RECIPIENTES. MUITAS SÃO PRODUZIDAS VISANDO ATENDER A DEMANDA DOS TURISTAS.

PINTURAS E DESENHO
OS DESENHOS E AS PINTURAS EM GERAL SÃO ACOMPANHADOS DE OUTRAS FORMAS DE ARTE. ESTÃO DIRETAMENTE LIGADOS A CERÂMICA, ORNAMENTAÇÃO DO CORPO, CESTARIAS, ETC HAVENDO ENTRETANTO EXCEÇÕES ENTRE ALGUMAS TRIBOS QUE PINTAM SOBRE PANOS DE ENTRECASCA. OS DESENHOS INDÍGENAS SÃO NORMALMENTE ELABORADOS DE FORMA ABSTRATA E GEOMÉTRICA.

MUSICA E DANÇA
A MUSICA E A DANÇA ESTÃO FREQÜENTEMENTE ASSOCIADAS AOS ÍNDIOS E A SUA CULTURA, VARIANDO DE TRIBO PARA TRIBO. EM MUITAS SOCIEDADES INDÍGENAS A IMPORTÂNCIA QUE A MUSICA TEM NA REPRESENTAÇÃO DE RITOS E MITOS É MUITO GRANDE. CADA TRIBO TEM SEUS PRÓPRIO INSTRUMENTOS, HAVENDO TAMBÉM OS INSTRUMENTOS QUE SÃO UTILIZADOS EM DIFERENTES TRIBOS NO ENTANTO DE DIFERENTES FORMAS COMO É O CASO DO MARACÁ OU CHOCALHO, ONDE EM DETERMINADAS SOCIEDADES INDÍGENAS COMO A DOS UAUPÉS O USO DO MESMO ACONTECE EM CERIMONIAS RELIGIOSAS, JÁ OUTRAS TRIBOS COMO A DOS TIMBIRAS É UTILIZADO PARA MARCAR RITMO JUNTO A UM CÂNTICO POR EXEMPLO. A DANÇA JUNTO AOS INDÍGENAS SE DIFERE DA NOSSA POR NÃO DANÇAREM EM PARES, A NÃO SER POR POUCAS EXCEÇÕES COMO ACONTECE NO ALTO XINGÚ. A DANÇA PODE SER REALIZADA POR UM ÚNICO INDIVÍDUO OU POR GRUPOS.

PROTO-TEATRO
ENTRE VÁRIAS TRIBOS DE ÍNDIOS É POSSÍVEL OBSERVAR ALGUMAS REPRESENTAÇÕES, PARTES DE RITO, QUE PODERIAM FACILMENTE EVOLUIR NO SENTIDO DE UM TEATRO. MUITAS SÃO REPRESENTAÇÕES SEM PALAVRAS APENAS GESTO. OUTROS RITUAIS SÃO CANTADOS, MUITOS SE DÃO NA FORMA DE DIÁLOGO.

Nenhum comentário: